Buscar
  • mkt1639

Costela de Adão: dicas para cuidar e usar na decoração


Vaso Verona  30x53cm - Foto: Atelier Giardini
Vaso Verona 30x53cm - Foto: Atelier Giardini

Nativa do México, a Costela-de-Adão é uma planta tropical que está cada vez mais presente nos lares brasileiros. Ela se destaca com suas folhas marcantes caracterizadas por cortes naturais que se assemelham ao formato de uma costela humana, justificando o seu nome.


A Monstera deliciosa tem um nome científico sugestivo, já que seu fruto é realmente delicioso, contudo, sua principal utilização é como planta ornamental, e é sobre isso que iremos falar neste post!



Se você gosta da Costela de Adão e quer saber como mantê-la sempre linda e saudável para decorar o seu ambiente, acompanhe as nossas dicas a seguir!


Como cuidar:

A Costela de Adão é altamente adaptável, apesar de preferir ficar à sombra ou meia sombra ela também se sai bem ao sol. Mas vale uma dica: Durante o plantio e em suas fases iniciais, prefira mantê-la num local menos ensolarado.

Vaso Fuji 16x45cm - VASART / Divulgação
Vaso Fuji 16x45cm - VASART / Divulgação

No vaso:


Vai plantar a Costela de Adão no vaso? Neste caso o primeiro passo será definir qual o tamanho final que gostaria que ela ficasse, afinal seu crescimento é proporcional ao espaço em que é cultivada. Como ela costuma se desenvolver muito rápido, quanto menor o vaso que escolher mais rápido terá que trocar caso queira que ela cresça mais.

E acredite, ela cresce mesmo! Dependendo de onde seja cultivada, a Costela de Adão pode chegar a 20 metros.





Plantação e rega


Sem exageros, com um solo fresco e com uma boa drenagem a Costela de Adão irá precisar de no máximo 2 regas por semana, além disso, recomendamos a troca de vaso ao menos uma vez ao ano. O ideal é observar como a planta está reagindo no local onde foi instalada e sempre utilizar o "dedômetro" no solo. No inverno por exemplo, a rega pode poderá ser reduzida para uma vez por semana e em alguns casos a cada 15 dias.


Alertas amarelos:

  • Evite compartilhar o mesmo vaso com outras plantas, isso porque a Costela de Adão costuma expelir toxinas das raízes e influencia no crescimento de outras plantas.

  • Nada de vento e variações bruscas de temperatura, ela não gosta nada disso!

  • Sua saúde também merece cuidado, sempre que possível utilize luvas ao manusear a planta, em alguns casos seu caule pode provocar náuseas e dores de cabeça. Em caso de ingestão pode até provocar vômito, por isso tenha muito cuidado com crianças e animais de estimação.


Poda


Normalmente a Costela de Adão mostra todo o seu esplendor e desenvolvimento na primavera, momento certo para a poda. Fora isso, basta controlar o crescimento das hastes e galhos evitando que cresçam demais.


Decorando o ambiente

Vasos da Coleção SP27- VASART/ Divulgação
Vasos da Coleção SP27- VASART/ Divulgação

São inúmeras possibilidades! A Costela de Adão é rústica, de beleza única e versátil. Mostra bonito em composições clássicas e modernas.


Pode ser imponente para quem tem espaço ou colocada em pequenos arranjos para quem não tem tanto espaço assim.


Tem um pé direito alto? A Costela de Adão se sai muito bem como trepadeira. Com a Costela de Adão o céu é o limite!


Agora que você já sabe tudo sobre essa incrível planta, que tal começar a cultivar hoje mesmo? Ah, só não esqueça de usar um vaso Vasart, são inúmeras opções que ficam lindas com a Costela de Adão.


Passa lá na nossa loja e dê uma conferida! Depois que plantar é só tirar uma foto e marcar a @vasart_oficial no instagram!


Se você chegou até aqui é porque gostou do assunto, né? Então você vai adorar este post com Tudo sobre cróton: tipos, variedades e como cuidar

0 visualização0 comentário